notícia

PILOTO FLAGRA PREJUÍZOS DA EXPLORAÇÃO DE AMIANTO EM MINAÇU

Continuando a expedição, Lu Marini e sua equipe seguiram para o curso de água do Rio Tocantins, e a primeira parada foi na cidade de Minaçu, ainda em Goiás. Sobrevoando o município, ele observou os problemas que a exploração de amianto está causando à natureza. “O visual contrasta com o verde da mata e a beleza do rio”, descreve.

 

A cidade possui a única mina de amianto crisotila que ainda se encontra em atividade no Brasil. Atualmente, a exploração está suspensa, mas a esperança dos moradores locais é que a Justiça determine o fechamento da mina. Mesmo sendo responsável pela movimentação da economia de Minaçu, esse trabalho é nocivo para a saúde dos operários. O piloto conheceu essa realidade no impressionante relato de um ex-trabalhador de Cana Brava.

 

A próxima parada foi a Ilha das Tartarugas, na cidade de Peixe. No local, os animais deram as boas-vindas a Lu Marini e sua equipe. Eles também conversaram com uma bióloga sobre as peculiaridades da ilha, o que a torna atrativa para essa espécie de tartarugas. O piloto também conheceu as belezas do Arquipélago do Tropeço, considerado o terceiro maior arquipélago fluvial do país e mundo.

 

Seguindo viagem, a equipe passou pela cidade de Ipueiras, e o piloto decolou mais uma vez, percorrendo a extensão do rio. Depois de sobrevoar o município de Porto Nacional, por segurança, o pouso foi realizado pouco antes de Palmas. A capital tocantinense possui um aeroporto e, por isso, o espaço aéreo é restrito na região.

 

No próximo capítulo, você vai conhecer as descobertas que o piloto realizou sobrevoando o Jalapão. Fique ligado nessa aventura fantástica!

últimas notícias

EXPLORAR O RIO TOCANTINS É O NOVO DE LU MARINI
terça, 02 de abril de 2019
Piloto e sua equipe começam expedição registrando as belezas da Chapada dos Veadeiros.

patrocinador

Apoio

Rastreando o Rio Tocantins © 2019 | Todos os Direitos Reservados - Desenvolvido por EVMFComunicação